Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Curso Extracurricular: Fundamentos de Crítica Literária

Atenção: INSCRIÇÕES ENCERRADAS. Quem desejar entrar na lista de espera, favor enviar e-mail para o endereço agenda@usp.br , especificando nome, número USP (se tiver), endereço de e-mail e o curso desejada ("Fundamentos de Crítica Literária").

Este curso tem um duplo objetivo: o primeiro é complementar a formação de teoria literária dos alunos de graduação do curso de Letras, além de outros interessados, oferecendo contato com textos fundamentais para o desenvolvimento da área. O segundo, não menos importante, é promover a integração entre a pós-graduação do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada e os alunos de graduação, por meio do diálogo a ser alcançado pelas aulas. Para este objetivo ser cumprido, as aulas serão ministradas por alunos do programa de pós-graduação, que assim poderão desenvolver em conjunto com os alunos de graduação os pensamentos e reflexões, vitais para a formulação de pesquisa e ensino pertinentes.

O curso visa oferecer aos alunos conhecimento aprofundado sobre textos de autores fundamentais para a crítica e a teoria literárias. Cada uma das aulas versará sobre um texto de um autor, seguindo o esquema abaixo:

13/09: “Problemas da poética de Dostoiévski”, de Mikhail Bakhtin - Professor: Flávio Ricardo Vassoler

20/09: “A cicatriz de Ulisses”, de Erich Auerbach - Professor: Ernesto José de Castro Candido Lopes

27/09: “O narrador”, de Walter Benjamin - Professora: Talita Mochiute Cruz

04/10: “Palestra sobre Lírica e Sociedade”, de Theodor Adorno - Professor: Daniel Ribeiro

11/10: “A estrutura, o signo e o jogo no discurso das ciências humanas”, de Jacques Derrida - Professor: Valteir Benedito Vaz

25/10: “Dialética da malandragem”, de Antonio Candido - Professor: Daniel Levy Candeias

01/11: “Nacional por subtração”, de Roberto Schwarz - Professor: Marcio Miranda Alves

08/11 (a definir): “A morte do autor”, de Roland Barthes - Professora: Nathalia Grossio de Oliveira

As aulas serão ministradas nas quintas-feiras, a partir do dia 13/09, às 14h no prédio de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Sua estrutura será de uma hora e meia de exposição, seguida de intervalo e mais duas horas de discussão dos textos entre os alunos. É requisito indispensável a leitura dos textos antes de cada aula. Bibliografias adicionais poderão ser indicadas durante as aulas; não obstante, os textos relacionados acima serão os únicos obrigatórios.

Bibliografia

ADORNO, Theodor W. “Palestra sobre lírica e sociedade”. In: Notas de Literatura I. São Paulo: Editora 34, 2003.

AUERBACH, Erich. “A cicatriz de Ulisses”. In: Mimesis. São Paulo: Perspectiva, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. 5. Ed. São Paulo: Forense Universitária, 2010. (Capítulo 1).

BARTHES, Roland. “A morte do autor”. In: O rumor da língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BENJAMIN, Walter. “O narrador”. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1985.

CANDIDO, Antonio. “Dialética da malandragem”. In: O discurso e a cidade. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2004.

DERRIDA, Jacques. “A estrutura, o signo e o jogo no discurso das ciências humanas”. In: A escritura e a diferença. São Paulo: Perspectiva, 1995.

SCHWARZ, Roberto. “Nacional por subtração”. In: Que horas são? São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

Informações:

e-mail: cursosdtllc@gmail.com

Critérios de Seleção e Aprovação:

O critério de seleção para a participação no curso será o da procura: as inscrições serão encerradas assim que as vagas previstas tiverem sido preenchidas. Para realizar sua inscrição, acesse o sistema Apolo da USP a partir do dia 27 de agosto. O número de vagas é limitado aos 40 primeiros inscritos, mas será formada uma lista de espera para caso ocorram desistências.

O aluno será aprovado se tiver 75% de presença (seis das oito aulas) no total do curso. Avaliações adicionais em caráter opcional (tais como trabalhos de aproveitamento, por exemplo) poderão ser sugeridas durante o curso.